Pesquisar no blog

sábado, 1 de maio de 2010

Documentário: "A Ilha do Apocalipse" (VÍDEOS)

EXPLORADOR AFIRMA TER ENCONTRADO, EM REMOTA ILHA DO PACÍFICO SUL, UMA OBRA MAIA QUE FAZ REFERÊNCIAS ASTRONÔMICAS À EXATA DATA DO FIM DE SEU CALENDÁRIO: O POLÊMICO DIA DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012! O PROBLEMA: DADA A LOCALIZAÇÃO DA ILHA (C. DE 650 KM DO CHILE), A SUPOSTA OBRA NÃO DEVERIA ESTAR LÁ!!

O canal The History Channel veiculou há pouco tempo um especial intitulado "A Ilha do Apocalipse", que conta a história surpreendente da suposta descoberta do arqueólogo Jim Turner que, em 1995, achou um monólito que parece ter sido esculpido em uma forma que lembra bastante o padrão escultural maia do período clássico. A localização da ilha, contudo, aumenta ainda mais o mistério: localizada a algumas centenas de kilômetros do Chile, a obra simplesmente não deveria estar lá - de acordo com as especificações conservadoras daqueles que estudam o florescimento e desenvolvimento da cultura maia. Como os maias supostamente chegaram a uma ilha tão remota? Aliando a esta premissa, como verdadeira, Jim Turner ainda apresenta um dado curioso: desta ilha (e somente a partir da mesma), será possíver ver dois eventos astronômicos que marcariam o fim do tempo - em seu calendário - e da existência humana, como a conhecemos. Pronto para um intrigante mistério? Então desligue sua tv (principalmente se for aberta) e assista a mais um interessante documentário, cujos links disponibilizamos aqui, no blog.

Lembramos que as opiniões dos envolvidos direta e indiretamente neste documentário não coincidem, necessariamente, com nossas opiniões. Jesus disse, no livro de Atos dos Apóstolos (1:7), que não competia aos seus discípulos saberem "tempos ou épocas que o Pai reservou para sua exclusiva autoridade". Embora o presente o arqueólogo Jim Turner não afirme, em momento algum, que o mundo irá acabar em 2012, alguns dos que aparecem (escritores, investigadores, conferencistas, etc), parecem defender esta ideia. Na verdade, ninguém sabe quando será o fim desta realidade, como a conhecemos. O intuito de passarmos o presente documentário, que também versa sobre o especulativo e controverso ano de 2012, assim como os documentários anteriores, principalmente os que têm a ver com mistérios da ciência, história e teologia, é o de auxiliarmos as pessoas que acompanham sempre o blog a munirem-se das informações sobre estas notícias que, normalmente, não chegam pela grande mídia, mas que têm profundas implicações sociais. . Bons vídeos a todos!


Parte 1


Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Parte 6


Parte 7


Parte 8


Parte 9

Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

3 comentários:

Hudson Calasans disse...

Esse filme será exibido novamente pelo History Channel nos próximos dias. Sinceramente é precisdo muita imaginação para identificar naquela formação rochosa totalmente erodida, uma divindade e um jaguar esculpidos. Mais um engodo para vender teorias absurdas calcadas no final do calendário maia.

Sergio disse...

Sinceramente, achei muito forçado o fato deles irem naquele barquinho, enquanto que existe no arquipélago de Juan Fernandez a ilha Robinsom Crusoe, que tem até aeroporto. Tbm não acho que foi provado o fato da pedra ter sido esculpida. E cadê a expedição para achar algum indicío de presença humana, ou o túmulo do tal Chan Balum?

Sergio disse...

Porque eles foram naquele barquinho (o famoso tó-tó-tó) se no arquipélago Juan Fernandez tem a ilha Robinson Crusoe, que tem aeroporto? Porque não houve expedição séria para encontrar evidências arqueológicas, ou prova de que a pedra foi esculpida? Porque inventaram aquela estória de que só dá para ir para lá 2 meses por ano, se tem até vôo turístico para ilha Robinson Crusoé?

Ofertas Exclusivas!!!!