Pesquisar no blog

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

"É inevitável que venham escândalos....". Jesus Cristo

EM ´GUERRA´ PELA PREFEITURA DO RIO, CÉSAR MAIA USA DECLARAÇÕES RECENTES DE CAIO FABIO, VENDIDAS EM VÍDEO, PARA ATACAR CRIVELLA E A IURD.... E ASSIM VEMOS MAIS UM EXEMPLO DE ESCÂNDALOS QUE (ESSES SIM!!...) ENVERGONHAM E VITUPERAM O EVANGELHO



Abaixo, segue a entrevista concedida por Caio Fabio ao jornal "O Globo" a fim de esclarecer às perguntas feitas sobre um texto que o prefeito César Maia colocou recentemente na Internet, usando as polêmicas declarações que Caio Fabio, a quem chamou de "líder evangélico da esquerda", fizera em gravações que têm dois anos . Antes da entrevista propriamente, está o texto publicado pelo prefeito do Rio. O título do post de César Maia foi "Gravíssimas Acusações Entre Líderes Evangélicos Brasileiros".


Boa tarde, pastor Caio Fabio!

Obrigada por me atender, Como o senhor já deve saber, o prefeito César Maia postou em seu blog informações e (o caminho) sobre entrevistas que o senhor deu nos anos 90 a respeito de Edir Macedo, da IURD, Silas Malafaia e outros que foram anexados no site You Tube.
________________________________________

O texto do Prefeito César Maia (foto):


GRAVÍSSIMAS ACUSAÇÕES ENTRE LÍDERES EVANGÉLICOS BRASILEIROS!

1. O Pastor Caio Fábio foi um líder evangélico de esquerda e dirigente do Viva-Rio prestigiado pela imprensa, pelos intelectuais e pelos salões burgueses do Rio, até os anos 90. Acusado de relações fora do casamento -que ele nunca negou- e de ter usado recursos de programas sociais, terminou indo morar em Miami.
2. Em Miami, Caio Fábio gravou uma série de vídeos com acusações da maior gravidade contra as mais conhecidas lideranças evangélicas como os líderes do Renascer, da IURD, Silas Malafaia... etc. Não fica pedra sobre pedra. Acusações de lavagem de dinheiro da droga, de mesada em dólares para silêncio de lideranças, uso sexual de meninas... com nome e sobrenome. Algumas das acusações gravadas em vídeo foram respondidas pelos acusados. E o barraco foi armado. Declarações estarrecedoras.
3. São lideranças evangélicas que têm servido nesses anos de referência política aos mais pobres e têm participado direta e indiretamente dos processos eleitorais com sucesso, como é o caso em 2008 do Rio, onde o "Bispo" da IURD -Marcelo Crivella- tem co-liderado as pesquisas desde o início.
4. Todos esses vídeos foram postados no YouTube e são vários. Entre em www.youtube.com coloque o nome CAIO FABIO, clique e depois vá clicando nos vídeos que interessar. Este Ex-Blog sugere que clique primeiro - Caio Fabio Conta Tudo Parte I - e depois - Caio Conta Tudo II - e vá em frente com acusações, denúncias, respostas e acusações nos vídeos em seu lado direito da página. Em geral cada vídeo tem cinco minutos.
5. Caio Fábio faz profissão de fé ao Evangelho e diz que cada viagem com grupos a Israel lhe rendia 500 mil dólares e que cada tostão foi aplicado nas obras sociais que dirigia. Cita fatos, pastores e valores que arrepiam.
_________________________________________

Repórter:
O senhor teria mais informações que pudéssemos usar para levantar esta história sobre a lavagem de dinheiro?
R: Não, não tenho.

Nesta eleição, a tática de Crivella é evitar ter seu nome relacionado à IURD de onde se diz ex-bispo. O senhor que conhece profundamente a realidade evangélica do país, sabe qual a situação dele hoje. Além da IURD quem poderia estar apoiando o senador?
R: Ele é e deixa de ser bispo e volta a ser conforme a conveniência do tio dele, o Macedo. Lá é tudo assim. Por que a surpresa?

Nas denúncias que fez o senhor diz que Silas Malafaia ganhava R$ 40 mil da Universal. O senhor sabe a título de que? Propaganda?
R: Está tudo no meu livro "Confissões de um Pastor", publicado em 1997. Ele me disse que fazia isto por dinheiro; que ficava de plantão para falar mal de mim. Ele mesmo me disse isto mais de uma vez, pois, dizia que sabia que eu era um homem de Deus, que o que dizia era verdade, que ele mesmo via que era até pior, mas que ele não podia abrir mão de 40 mil dólares por mês. Ele sabe que muitos sabem disso por ele mesmo. Depois disso ele já conversou comigo e me confessou tudo, até mesmo me pedindo desculpas, embora, na prática, nada tenha mudado em relação a mim. Quando houve minha tragédia em 1998, ele aproveitou e tentou me sepultar. Nada disso para mim seria importante, no entanto, desde que ele não pervertesse os caminhos do Evangelho com seus modos, atos e atitudes.

O senhor sabe se existe hoje alguma articulação de apoio em torno do candidato envolvendo dinheiro e quem poderia ser o articulador disto?
R: Graças a Deus estou tão longe desse pessoal que nada sei mais. Pessoas me escrevem contando horrores, mas eu deleto tudo. Não quero nada com isso. É a negação do Evangelho o que eles fazem.

A pergunta é por que o prefeito puxa uma gravação tão antiga para desqualificar um candidato rival, isto poderia ser na verdade um recado?
R: Ele evocou meu nome com duas expectativas: a primeira foi atacar os inimigos políticos dele, que, pelo que já disse antes, ele julga serem também meus inimigos; e, de fato, é assim que eles me vêem. Eu não sou inimigo deles, mas sim da perversão que fizeram do Evangelho. De outro lado, César não pôde deixar as coisas sem um toque de impropriedade a meu respeito; a saber: me "apresentar" de um modo "estereotipado"—pastor de esquerda, etc.; e, mais que isto: sem propriedade histórica, pois, voltei de Miami em novembro de 1999, e morei no Rio até vir para Brasília em 2004. E mais: não gravei nada de lá; e menos ainda o fiz a fim de denunciar quem quer que seja. Mas tão somente na intenção de dizer que as praticas dessas pessoas é a própria corrupção do ensino de Jesus, em todos os sentidos. Obviamente, o objetivo do César é duplo: usar o que tenha sido o meu "crédito" no passado "evangélico", a fim de relativizar mais ainda os seus adversários políticos, mas, não pôde fazer isso sem bater em mim também. Ora, assim, ele faz duas coisas: enfraquece os inimigos dele me usando; e divide ainda mais o meu "evangélico" (do qual não faço parte há mais de 10 anos), em razão de que milhões de cristãos ainda me levam a sério neste país, e, num certo sentido, para esses, mais ainda hoje que no passado. Porém, sobre as pessoas mencionadas pelo Prefeito, o susto dele será saber que se vierem a converter-se de suas obras más, a todos estendo minha destra fraterna em Cristo.

Aliás, só para confirmar: Caio Fabio Conta Tudo (I) e Caio Fabio Conta Tudo (II) foram gravados em 1996 ou são mais recentes?
R: Não! A 1ª foi gravada mais ou menos dois anos atrás. Já a 2ª faz apenas um ano.

E para esclarecer, foi o senhor quem pôs as entrevistas no site há cerca de um ano?
R: Nunca pus nada no Youtube ou em qualquer outro lugar. O meu site é o www.caiofabio.com e nele há as declarações que dei nos últimos tempos sobre tais assuntos, e até sobre o que certas pessoas fazem em contradição com o Evangelho. As entrevistas mencionadas e locadas no Youtube, todavia, foram dadas a outro grupo; e os conteúdos eu mesmo não sabia quais seriam, embora, no curso da entrevista, eu tenha decidido contar tudo o que já estava dito nos jornais dos anos 90, no meu livro "Confissões", e, especialmente, de 2003 para cá, no meu site pessoal.

Grata, pastor. Gostaria de manter contato por telefone com o senhor.

Um abraço!

Fonte: Notícias Cristãs

NOTA: Lamentável, para se dizer o mínimo. Creio que o "ex-evangélico" Caio Fabio, como ele mesmo se auto-denomina, deveria estar mais preocupado em, sinceramente, refazer sua vida com Deus, a quem ele diz servir. Assim, sua busca deveria ser por humildade, perdão (pois, sim, fizera confusos a muitos!...) e uma espiritualidade real, que lhe trouxesse discrição, prudência e senso de consequência, e não se posicionar (observe, deliberadamente) no centro de mais uma polêmica. Caio Fabio, por causa das acusações falaciosas do caso do Dossiê Cayman, sofreu um processo do qual se livrou apenas em 2005. Isto exauriu-lhe as forças e recursos. Deveria ter aprendido com a ocasião, mesmo porque sua vida pessoal já havia sido exposta. Vi algumas partes dos vídeos intitulados "Caio Conta Tudo I e II", e, mesmo ele afirmando que "não quer saber mais sobre qualquer coisa que o ligue aos fatos ali denunciados" (isto ele já diz no primeiro vídeo, gravado há dois anos), é exatamente o que ele volta a fazer no segundo vídeo, gravado há um ano!!! Pelo peso de algumas denúncias, pelas pessoas envolvidas, pelo que ele diz - inclusive asseverando a existência de provas - como ele não esperaria balbúrdias em redor disto tudo? Assim, de maneira impressionante, ele escreve o seguinte comentário em seu site, acerca destes lamentáveis novos episódios:


Do nada..., e isso aí está agora! Política pode ser o diabo, e a mídia também. Porém, o que se diz, tem-se que sustentar se verdade for. O mais é saber tempo e hora. E, para mim, as artimanhas estão bem claras. Como não disse nada que já não tivesse dito antes [e sei o que querem saber], eles não publicarão quase com toda certeza. Eles querem sangue. Com oração, Caio 16 de setembro de 2008
(Fonte: Site de Caio Fabio)

"Do nada"??... "Política e mídia podem ser o ´diabo´"??.. Mas, quem não está entendendo agora sou eu. Ele disse SIM muito mais do que dissera antes, e disse em outras condições. Antes, como ele mesmo alega, dissera algo em um livro ("Confissões de um Pastor"). Agora, são outros quinhentos. É em vídeo (em dois). E é claro que Caio Fabio ao menos ´suspeitava´ que tais delcarações percorreriam a Internet, como estão fazendo neste exato momento; e é de lá que vem tal polêmica. Têm várias práticas acontecendo que provém ´do diabo´, sim... e não são somente ´artimanhas da mídia´ou meios fraudulentos de pseudo-lideranças evangélicas, não...

Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

Um comentário:

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Ofertas Exclusivas!!!!