Pesquisar no blog

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Não se sabe se por mais hetorodoxia ou por mero desespero circunstancial, Igreja Católica admite teoria da evolução

VATICANO ACEITA FORMALMENTE A TEORIA DA EVOLUÇÃO, MAS REJEITA ´PEDIDO DE DESCULPAS´ A DARWIN





Evolução segundo o Vaticano?

O Vaticano disse nesta terça-feira (16) que a teoria da evolução é compatível com a Bíblia, mas não planeja um pedido de desculpas póstumo a Charles Darwin (1809-1892) pela fria recepção dada a ele há 150 anos. Igrejas cristãs costumam ser hostis a Darwin por conta dos conflitos entre sua teoria e a acepção bíblica da criação. O criacionismo defende que Deus teria criado o mundo em seis dias, como é descrito na Bíblia.

O arcebispo Gianfranco Ravasi, ministro da Cultura do Vaticano, deu a declaração durante o anúncio de uma conferência de cientistas, teólogos e filósofos que acontecerá em Roma em março de 2009, marcando os 150 anos da publicação da obra "A Origem das Espécies".

"Talvez devêssemos abandonar a idéia de emitir pedidos de desculpas, como se a história fosse um tribunal que está eternamente em sessão", disse, acrescentando que as teorias de Darwin "nunca foram condenadas pela Igreja Católica e nem seu livro havia sido banido".

Fonte: O Verbo

NOTA: Minada por escândalos sexuais, acusações de diversos círculos acadêmicos, queda na opinião pública secular, a ICAR segue com sua política milenar de adequar-se à realidade, preservando a instituição. Polêmicas sempre houve na conturbada história da ICAR, e esta não será a última. Contudo, penso que estamos vivendo tempos um pouco diferentes: Abdicar claramente de preceitos bíblicos, numa descomunal seção global de informação e desinformação, pode ter causado à ICAR uma chaga cuja ferida poderá não cicatrizar. Esta é a era do ateísmo militante, da mescla confusa de religiosidade e ciência; a época em que todas as forças contrárias aos preceitos bíblico-cristãos parecem ter se juntado contra o Cristianismo (observe o silêncio criminoso de praticamente todas as entitades de direitos humanos, ONG´s, órgãos da ONU, mídia etc.) quanto às barbáries contra os cristãos por toda a Asia!). Com ´concessões´como esta, penso que a ICAR visa ganhar alguns aliados, principalmente dentro do âmbito acadêmico, o que não acontecerá, pois já existe uma propaganda não-oficial que aposta na irreconciliação definitiva entre o moderno e a instituição católica romana. Em outras palavras, ela está na mira de poderosos movimentos que intentam criar sua derrocada, algo que deverá acontecer a médio ou longo prazo. No pensamento secular a ICAR entrou em um aspiral de decadência que, ao que tudo indica, é irreversível. O fato de negar desculpas históricas a Darwin é mais uma evidência que a ICAR passa à quantidade cada vez maior de seus críticos, sem querer ou se aperceber, de que é uma instituição ambígua, furtiva e que anda de acordo com a conveniência da geopolítica e cultura que a cerca.

Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

Um comentário:

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Ofertas Exclusivas!!!!